O que é Chocolate belga?

O que é Chocolate belga?

Eu já achei que Chocolate Belga era um sabor, já achei que aquele bombom de freeshop era o melhor do mundo, já fiz e vendi bombons e brigadeiros “Belga”. Mas afinal, o que é chocolate Belga?

O que é chocolate belga?

“Belga” não é um tipo de chocolate, como muita gente pensa. Geralmente associado a chocolates muito doces e cremosos por conta do adição de leite e açúcar, o chocolate belga é conhecidos pelos brasileiros como produtos de altíssima qualidade e até finos, dignos de dar de presente.

Mas chocolate Belga nada mais é que um chocolate feito na Bélgica – que mesmo sendo um país de tradição chocolateira, tem produtos de alta qualidade e outros nem tanto. Já escrevemos sobre chocolates belgas e suíços aqui.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bruxelles_Galeries_royales_Saint-Hubert_06.jpg

Galeria Real em Bruxelas, onde foram criados os primeiros bombons da história.

Chocolate Belga Tupiniquim, pode isso?

Outro erro que vemos com frequência é chamar de chocolate belga  um chocolate produzido no Brasil, com ingredientes adaptados ao clima e paladar brasileiros, só porque a dona da fábrica e da marca é uma gigante indústria belga.

Tem muita gente vendendo gato por lebre por aí, esperamos que seja por falta de conhecimento.

Feito no Brasil para o Brasil. Não é belga.

Eu já achei o chocolate belga TOP.

Já falei aqui que descobri meus problemas com glúten e leite tardiamente. Até os 23 anos, eu gostava mesmo era do chocolate ao leite, bem cheio de açúcar.

Sempre gostei muito de experimentar comidas diferentes, então conforme fui ganhando dinheiro, passei a comprar as marcas mais caras e importadas.

Pois bem, recebi diagnóstico e tirei o leite de vaca da minha vida. Junto com ele, uma enorme quantidade de doces ficou proibida.

Isso aconteceu tem mais de 10 anos, e chocolates zero leite docinhos eram raros. Tudo que existia para alérgicos ou intolerantes a lactose, eram produtos a base de soja.

Não gosto do sabor residual da soja, e tendo a consciência de que a má alimentação estava arruinando minha qualidade de vida, adotei um estilo de alimentação o mais natural possível.

O ponto de virada.

A Java começou como uma empresa de brigadeiros gourmet zero lactose, na cozinha de casa, e foi evoluindo para a chocolateria artesanal, fazendo bombons  e doces de chocolate belga.

Bombom caramelo da Java

Bombom “belga” de caramelo cremoso – Java 2014.

Quando comecei a provar os Belga e Suíços amargos, o gosto de queimado e excesso de aroma de baunilha me incomodaram muito.

Lembro vividamente de um dia em que fazia um curso de confeitaria e a culinarista passou potinhos de chocolate belga 54,5% para provarmos.

Enquanto todo mundo se derretia de elogios, me senti o próprio ET por achar que aquilo não era pra mim.

Detalhe: nesta época, eu já tinha tirado o açúcar da rotina, inclusive do café, que sou apaixonada.

Até que conheci uma marca Brasileira que fazia chocolates com cacau de origem e virou uma chave na minha cabeça.

Eu que já estudava o chocolate em suas técnicas, aplicações e diferenças em receitas, fui além, mergulhando no mundo do cacau e sua transformação em chocolate.

Naquela época, não existiam cursos como existem hoje, então comprei livros técnicos estrangeiros que estudei sozinha em casa, e fiz cursos de produção industrial correlacionada ao chocolate e confeitaria.

Em 2015, lançamos nosso primeiro chocolate feito do grão a barra com cacau da Amazônia.

Chocolate belga é bom ou ruim?

Depende!

Assim como em qualquer país do mundo, existem produtos bons ou ruins.

Os belgas, franceses e os suíços são tradicionalmente reconhecidos por fazerem parte da história do chocolate: eles que colocaram leite no chocolate, inventaram os bombons e os métodos de refino conchagem que fazem o chocolate ser a delícia que é.

Mas maquinário nenhum transforma um cacau ruim em chocolate bom.

E cá entre nós: na Bélgica, Suíça e França não tem pé de cacau, né?

Cacau bulk – sem cuidado e utilizado por grandes indústrias européias

 

Logo, os chocolates belgas podem ser bons ou ruins, depende do fabricante, do cacau, e de vários outros fatores.

Uma dica para identificar se o chocolate é bom ou ruim, é ler a lista de ingredientes – se tem muita coisa ali, fuja!

Outro fator determinante é o uso de aromatizante: chocolate por si só já é super aromático, a presença de aromatizante é para disfarçar defeitos.

Mudança de paradigma

Hoje, 7 anos depois do meu primeiro Ovo de Páscoa, tenho orgulho de ver a evolução do nosso cacau e chocolate aqui no Brasil.

Vejo apreciadores, confeiteiras e nutricionistas carregando nossa bandeira do chocolate de verdade!

E pensar que lá no início, quando ninguém sabia o que era o tal grão a barra (bean to bar), um casal de doidos criou um chocolate feito de cacau da Amazônia com SAL e amêndoas e levaram pra um gastrônomo importante experimentar.

Se foi loucura ou coragem, não sei – mas esse chocolate com sal é um dos mais vendidos até hoje.

chocolates java

os primeiros chocolates da Java em 2015.

 

Se você chegou até aqui e ainda acha que o importado que é bom, te convido a provar nossos chocolates e de tantas outras marcas artesanais que vieram depois da gente, seguindo o mesmo propósito:

valorizar nosso cacau, nossa gente e nossa terra.

Depois me conta o que achou.

Café especial online em Belo Horizonte

Café especial online em Belo Horizonte

Com várias torrefações e cafeterias, Belo Horizonte permite vivências incríveis no mundo do café, mesmo não sendo uma região produtora. Desde o café simples do Mercado Central até as cafeterias de renome, Belo Horizonte se tornou referência no mundo do café. Agora, Belo Horizonte vai ter café especial online, com muita variedade e qualidade.

 

Nossa seleção de café especial de BH

Selecionamos alguns produtores e torrefações de BH e de região.

Café das Amoras

BH é um ovo? Sim. Quando a Java Chocolates começou, estava lá o Felipe Brazza com um turbante na cabeça servindo café numa feira, com uma caixa de som escutando reggae. “Já servi degustação demais na vida!”, ele disse e lembramos até hoje. Então pode saber que é pra comprar, sem nem precisar degustar antes. Uma escolha certeira, porque quem ama o que faz, faz com qualidade.

Conheça as opções do Café das Amoras aqui.

 

Villa Café

Há mais de 100 anos produzimos café de alta qualidade. Em 2007, se tornaram o Villa Café e hoje são especialistas em café gourmet. Um produtor com volume maior, com um grande mérito – não abrir mão da qualidade. Mais um da turma que serve café sem parar pra gente nas feiras!

Café produzido em três fazendas do Sul de Minas Gerais | Todas as fazendas localizadas a mais de 1000 metros de altitude, em uma região internacionalmente conhecida pela qualidade do café produzido.

Conheça as opções do Villa Café aqui.

 

Rena Café

Do grão de café cultivado na Fazenda Recua, em Paula Cândido, até a cafeteria em Ouro Preto, a família toda está ligada na produção e faz tudo com muito cuidado.

A história do Rena Café começa em 1980 com a experiência prática do agrônomo, pesquisador e professor de fisiologia vegetal da Universidade Federal de Viçosa, PhD em Biologia Alemar Braga Rena, em sua propriedade, a Fazenda Recua, situada em Paula Cândido-MG, terroir conhecido como Matas de Minas. O professor Rena aplicou todo conhecimento adquirido na vida acadêmica nacional e internacional, assim como sua especialização em fisiologia cafeeira e produtividade, ao desenvolvimento de grãos com elevadíssimo padrão de qualidade. A excelência na produção logo obteve o reconhecimento do mercado, o que levou à exportação do café como commodity durante mais de quatro décadas.

Entretanto, com a crescente demanda do mercado interno por cafés de alta qualidade e o objetivo do novo gestor, Bernardo Rena (filho de Alemar Rena), em agregar valor aos frutos, em 2014 foi desenvolvida a torrefação do Rena Café. Atualmente, a empresa une o casal Bernardo e Andressa, sua esposa, no intuito de levar os melhores grãos de produção própria, somente cafés especiais ao público brasileiro. A marca uniu gerações da família Rena em torno de um conceito de café de alto padrão, unindo os grãos de categoria especial a agradáveis e momentos sutis de bem estar para apreciadores da bebida.

Cafeteria Rena Cafe

Para comprar Rena Café, clique aqui.

 

Fundado em 2018, o Yes, Nós Temos Café é uma cafeteria e torrefação artesanal de cafés especiais localizada no coração da Savassi. O nome remete à certeza de que o melhor café do Brasil pode e deve ser consumido aqui também! A torrefação seleciona e fornece cafés de fazendas premiadas de várias regiões do país em torras semanais, trazendo toda a riqueza de aromas e sabores desses grãos para a sua xícara.
 
Para comprar cafés dessa turma, clique aqui.
 

Intelligenza

A Intelligenza nasceu como uma cafeteria em 2016, no bairro Savassi, em Belo Horizonte, selecionando cafés e servindo métodos diversos de preparo coado e espresso. Adquiriram um torrador de café em 2017 para garantir a qualidade – desde então a evolução não parou. Passaram a cumprir protocolos para garantir que os melhores cafés do brasil chegassem aos nossos clientes. Como princípio, a compra dos grãos é feita diretamente nas próprias fazendas, por meio de provas e um relacionamento próximo com o produtor.
Para conhecer mais e pedir café Intelligenza, clique aqui.
 
 

Café especial em grão e moído

O café especial tem vários aspectos sensoriais destacados, por isso, a recomendação é sempre de priorizar o café em grão, aproveitando o aroma e o momento de moer o café em casa!

Belo Horizonte e Café online

Anualmente, a Semana Internacional do Café reúne profissionais de todos as áreas. Nela, baristas, compradores, exportadores, produtores de café e os amantes do café se encontram unidos por essa paixão que movimenta a economia de Minas Gerais. Reune mais de vinte mil pessoas, gerando mais de R$50 milhões por edição.

Em 2020, a feira precisou ser online devido à pandemia, indicando uma tendência e uma possibilidade: ter o café especial no mundo online.

Ovo de Páscoa 2021

Ovo de Páscoa 2021

A Páscoa é sempre um momento mágico e de muita ansiedade. Seja com um ovo de Páscoa ou com um tablete de chocolate, todos esperam por uma surpresa especial e um bom momento em família.

Em 2021, o mercado mostra ovos de Páscoa inclusivos, atendendo a todos os públicos! Saiba mais o que a Java Chocolates preparou!

Ovo de Páscoa gourmet

Veja esta opção maravilhosa com caramelo salgado! Com chocolate

Ovo de Páscoa infantil

Que tal uma opção de ovo de Páscoa infantil com bichinhos de chocolate e quebra-cabeça? Conheça mais aqui!

Ovo de Páscoa zero lactose

Ovo de Pascoa infantil

Sabia que todos os ovos de páscoa da Java Chocolates são zero lactose ? Além disso, são seguros para APLV – não há compartilhamento de máquinas para produção de ovos de Páscoa – todos nossos produtos são isentos de leite, sem risco de contaminação cruzada.

Ovo de Páscoa Vegano

Para melhorar, a Java Chocolates só trabalha com produtos veganos e com comércio justo, comprando cacau direto do produtor no Brasil.

Sabe por que o ovo de Páscoa é mais caro? Veja o vídeo abaixo!

 

Ovo de Páscoa BH

Em Belo Horizonte, teremos entregas rápidas pelo site : e também pelo Ifood. Fiquem ligados!

Ovo de Páscoa Online

Atendemos todo o Brasil com nossos ovos de Páscoa, com muito cuidado e embalados com isopor – acesse site!

Como fazer temperagem com Mycryo

Como fazer temperagem com Mycryo

Como fazer temperagem com MYCRYO: O Mycryo, vendido pela Barry Callebaut, é uma manteiga de cacau consistentemente cristalizada na forma B5. Quando usamos Mycryo, estamos usando a técnica de semeadura – o que significa que estamos induzindo a cristalização da manteiga de cacau do chocolate na forma correta.

Você pode usar o mycryo, nossa manteiga de cacau pré-cristalizada ou raspas de um chocolate bem cristalizado, como ensino neste post

Aprenda mais sobre a ciência da temperagem de chocolate nobre.

Muitas pessoas perguntam se pode usar o mycryo para temperar nossos chocolates. SIM, você pode usar o Mycryo para temperagem de chocolate nobre Java, seguindo as temperaturas recomendadas pela Barry Callebaut. Nós também vendemos um produto que funciona da mesma maneira em nosso site. Conheça a nossa manteiga de cacau pré-cristalizada.

Vantagens de fazer temperagem com mycryo

  • Exige menos espaço físico
  • Não precisa ter bancada de granito ou mármore
  • O controle de  temperatura não precisa ser tão preciso (mas é altamente recomendado que seja)
  • Suja menos utensílios

Desvantagens de fazer temperagem com mycryo

  • Método mais demorado
  • Alto Custo do Mycryo
  • Dificuldade de encontrar
  •  

O Mycryo é um produto que facilita muito a vida da confeiteira que tem pouco espaço e não tem climatização em seu ambiente de trabalho. Porém, é comum ele ficar em falta no mercado em épocas de grande demanda, como Natal e Páscoa.

Por isso, criamos nossa versão de manteiga pré-cristalizada, que substitui o mycryo da mesma maneira em sua cozinha.

Mas ATENÇÃO: tanto o Mycryo quanto nossa manteiga pré-cristalizada não passam de manteiga de cacau – e elas perderão seus cristais com a oscilação de temperatura.

Resumindo: elas podem perder o efeito mágico de temperagem de forem armazenadas de maneira incorreta – ficarem em ambiente quente ou úmido.

Portanto, guarde estes produtos como seus tesouros. Mantenha em ambiente seco, fresco, de preferência, dentro de uma adega de vinhos. 

Como fazer temperagem com mycryo:

  • Derreta seu chocolate até atingir a temperatura indicada pelo fabricante. Mesmo que vá esfriar depois, precisa chegar à temperatura.
  • Deixe esfriar, mexendo de vez em quando, até chegar aos 34-35 graus.
  • Acrescente o equivalente a 1% do peso do seu chocolate de manteiga de cacau pré-cristalizada.
    • Nossa manteiga vem em bolinhas de 10 gramas, o que dá para temperar 1 kg de chocolate cada.
    • Rale ou pique em pedacinhos para facilitar a incorporação da manteiga.
  • Mexa até atingir a temperatura de temperagem descrita na embalagem do chocolate.
  • Depois, eleve para a temperatura de trabalho. Você pode fazer isso usando a pistola de ar quente ou colocando por alguns segundos no microondas.
  • Pronto, seu chocolate está pronto para ser usado para moldar bombons, tabletes ou fazer casquinhas.

Você vai notar que o chocolate ficou um pouco mais viscoso. Para testar a temperagem, mergulhe a pontinha de uma faca ou colher no chocolate e deixe alguns minutos em 20 graus (lembra do ar condicionado?) ou leve à geladeira.

Ele deve firmar, ficar com aspecto acetinado e cor uniforme. Ao encostar o dedo, não deve derreter facilmente.

Assista ao vídeo da Jéssica, da Confeita Fit, que utiliza o produto em suas produções com chocolate.

Temperou, resolveu?

A temperagem não dura pra sempre.

Depois de pronto, seu chocolate deve ser mantido em ambiente fresco e seco, senão os cristais vão se desfazendo, causando o fatbloom. Veja foto abaixo:

fatbloom = esquerda: chocolate não foi pré-cristalizado corretamente. Direita: chocolate foi armazenado em local inapropriado.

 

Portanto, seus produtos devem ficar armazenados em ambiente fresco e seco até chegarem a seu cliente. Caso contrário, ele perderá a cor e o formato originais. Caso isso aconteça, derreta o chocolate e faça a temperagem novamente.

 

Ovo de Páscoa Infantil

Ovo de Páscoa Infantil

A Java Chocolates tem uma linha completa para atender a todos da sua família. Quer saber mais? Acompanhe o nosso texto. Sabe a melhor parte? Todos os chocolates são criados com os melhores ingredientes, selecionados de forma a não utilizar ingredientes industrializados.

Todos nossos produtos são são: zero lactose, zero glúten, zero soja e veganos!

Clique para saber mais!

(mais…)

O que é ser uma empresa vegana?

O que é ser uma empresa vegana?

O veganismo é uma prática cada dia mais adotada, tendo uma demanda grande por partes das empresas para adaptação a este público. Com isso, podemos refletir sobre o que é ser uma empresa vegana.

Considerando empresas de alimentos, estamos lidando com um trabalho que desde os primórdios era intrinsicamente ligado à exploração animal. Em pequenas fazendas, ou em agricultura familiar, isso é extremamente comum, sendo passado de gerações e gerações.

Nós, como compradores podem pedir as mudanças, mas não seria pedante chegar impondo verdades? Nesse contexto, entendemos que somos parte de uma cadeia vasta, em que indicamos um caminho e esperamos por mudanças. O começo é o diálogo e a explicação das necessidades e expectativas.

Impor ou dialogar?

Para nós, mais importante do que impor, é conversar, conscientizar e encontrar alternativas para um futuro melhor. Passo a passo, com ética e empatia de verdade.

Quem somos nós, que vivemos na cidade e com tudo a um clique de distância, para exigir e impor a pessoas que muitas vezes acabaram de saber de um conceito novo? Quanto tempo cada um de nós levou para assimilar e adotar isso? E lembrando o caso dos produtores agrícolas, os métodos se repetem a quantas gerações?

Uma mudança em que o importante é começar

Dessa forma, entendemos que ser uma empresa vegana é ser parte de uma mudança. É indicar o que precisa ser mudado, acompanhar, torcer e remunerar melhor por isso. Saber das dificuldades e ter empatia, comemorando cada avanço. Tudo com muita ética e coerência. Vale sempre a reflexão: alimentos com escala de produção muito alta, com a soja, são muito mais simples de serem veganos, pois sempre se tem uso predominante de máquinas – mas seriam esses os alimentos que queremos para as nossas próximas gerações?

O consórcio do trabalho na mata atlântica

Na foto abaixo, todo o carinho com as mulas que trabalham na fazenda São Luiz (Linhares – ES), carinhosamente chamadas de Boneca, Calcinha e Joinha. Como mencionado pelo Emir Macedo, especialista e inovador no manejo do cacau: “só trabalham quando precisam, segundo carregam o peso que conseguem transportar, terceiro bem alimentadas, quarto medicamentos e vermífugos todo ano, na nossa Fazenda animal só morre de velhice, jamais de maus tratos”.

Mula São Luiz

Mula – Fazenda São Luiz

Conforme ele explica, o remanescente na Mata Atlântica só existe devido ao cacau. As mulas trabalham apenas nos locais onde não chega o trator, onde só elas conseguem alcançar, com respeito e cuidado.