Chocolate diet é a mesma coisa de chocolate zero açúcar?

Chocolate diet é a mesma coisa de chocolate zero açúcar?

Qual é a melhor opção? Chocolate diet ou chocolate zero açúcar? Vamos explicar neste post para que possa entender as diferenças.

Chocolate diet

O termo DIET se tornou comum há muito tempo, indicando que um produto não possui um determinado ingrediente. Pode ser açúcar ou gordura, por exemplo. Junto com esse termo, se associa sempre o uso de um adoçante. O uso deste ingrediente acaba tendo repulsa por muita gente, uma vez que há vários de qualidade ruim, podendo ter até mesmo efeitos colaterais.

Chocolate zero açúcar

O chocolate zero açúcar apenas tem um nome mais específico do que o diet, mas ambos tem a mesma finalidade: ingestão menor de açúcares.

Chocolate diet tem menos caloria?

Este é o ponto principal: as calorias do chocolate são provenientes não só de açúcares, mas também da gordura. O chocolate é um alimento que naturalmente tem a gordura boa da manteiga de cacau – porém, ela possui índice calórico alto, por isso, deve-se consumir com moderação.

Qual é o melhor chocolate para a dieta?

Temos um outro post em nosso blog, acesse para saber sobre os chocolates saudáveis.

Chocolate diet é tudo igual?

Tem muita diferença entre eles! Há adoçantes com características muito diferentes, sendo que alguns nem são considerados low carb. Veja mais aqui sobre os chocolates low carb.

Existe chocolate zero açúcar sem adoçante?

Sim! É o chocolate 100% cacau, que é feito somente com sólidos de cacau. Mas se você tem dúvida, se prepare para saber que não tem nenhum dulçor. O sólido do cacau nunca tem sabor doce, ao contrário da polpa do cacau. Essa parte é usada inclusive para fabricar bebidas como o mel de cacau.

Gostou ? Veja mais posts sobre o chocolate no nosso blog.

Referências:

https://www.diabetes.org.br/publico/nutricao-noticias/885-produtos-dieteticos-diferencas-entre-diet-e-light#:~:text=Os%20alimentos%20diet%20se%20destinam,gordura%2C%20s%C3%B3dio%20ou%20outro%20componente.

Chocolate ao leite de coco é opção de chocolate cremoso

Chocolate ao leite de coco é opção de chocolate cremoso

Procura um chocolate cremoso? Fica uma dica – não podemos ter tudo. Um chocolate com alto teor de cacau tem uma característica marcante – não pode ser um chocolate cremoso. Simplesmente não é possível com uma composição de só dois ingredientes (cacau e açúcar – ou outro adoçante). Mas temos uma boa notícia : existe sim chocolate cremoso com ótimos ingredientes, e além de tudo, vegano. Nesse post, vamos falar mais sobre uma opção que inovou nesse aspecto: o chocolate ao leite de coco.

Chocolate ao leite de coco

O que traz a sensação de cremosidade ao chocolate é o coco, junto com sua gordura de boa qualidade. Tendo mais do que 40% de cacau, tem muito mais do que o mínimo de sólidos de cacau exigido para um chocolate. Além disso, tem muito menos açúcar, já que utiliza grande quantidade do coco em sua composição.

O chocolate ao leite de coco foi nossa primeira opção de chocolate mais macio, mas não é a única. Com o tempo, novas idéias foram aparecendo e se tornaram realidade.

Outas alternativas de chocolate cremoso

Chocolate recheado com cappuccino: o cremino é uma opção com recheio sabor cappuccino, super cremoso. Uma fina camada de chocolate zero açúcar e um recheio docinho, mas com um toque de café, fazem um tablete que é difícil de se comer um só!

 

 

 

Chocolate Caramelo CremosoChocolate recheado com caramelo cremoso: Chocolate 70% cacau recheado com caramelo salgado cremoso, daqueles que até lambuzam a gente. Tem como ser melhor? TEM! Além de delicioso, ele é sem glúten, zero leite, zero lactose e sem soja, é VEGANO e feito com cacau sustentável da Amazônia.

E ainda é vegano?

Sim, todas essas opções de chocolate cremoso são veganas. Sem leite ou derivados de origem animal, com ingredientes naturais, sem aromatizantes ou conservantes. Porque tão importante quanto o sabor, é a qualidade do que ingerimos, sem peso na consciência.

Quer conhecer mais? Veja opções de chocolate amargo da Java Chocolates.

O que é stevia?

O que é stevia?

A stévia ou foi o primeiro adoçante de fonte natural do qual me recordo.

Ela chegou revolucionando o mercado dos adoçantes de mesa – aqueles em gotinhas de se colocar no café – e gerando muita polêmica por seu sabor residual muito amargo.

De lá pra cá a tecnologia de extração da estévia se aprimorou, melhorando muito o produto. Quer saber o que é stevia, como é feita e a melhor maneira de usa-la? Continue lendo este artigo.

(mais…)

Chocolate amargo tem baunilha?

Chocolate amargo tem baunilha?

Chocolate amargo quase sempre tem baunilha. Tente se lembrar do chocolate de infância, do aroma deste chocolate. Pode ter certeza que você se associou o cheiro de chocolate com baunilha. Mas chocolate amargo precisa ter baunilha?

Por que se usa baunilha no chocolate?

O aroma de baunilha é amplamente utilizado como truques ou forma de camuflar o sabor de um cacau de qualidade baixa. Nesse caso, significa não ter tido um manejo ou cuidado adequado. Por isso, nada mais lógico para grandes indústrias do que camuflar o aroma e sabor com o imbatível aroma da baunilha.

Esta prática é tão antiga que todos nós naturalmente associamos o cheiro de chocolate ao cheiro de baunilha – até mesmo os kits de treinamento olfativo de vinhos cometem esse engano.

Veja bem: a baunilha em si não é um problema. Esta especiaria é muito apreciada na confeitaria em geral e pode chegar a valores altíssimos. A questão é quando ela é usada para mascarar defeitos.

Veja esta Foto de cacau em porto de Amsterdam (créditos: Chocolate Journalist) . Cacau sujo, mofado, velho, com umidade. É esse tipo de cacau que vira chocolate amargo em muitas fábricas grandes, e a baunilha faz “o papel” de nivelar sabor.

Funciona assim: esse cacau chega à indústria, onde sofre uma sobretorra para eliminar microorganismos que podem nos causar doenças. Essa torra é feita em altas temperaturas, para garantir a esterilização deste cacau doente, que fica com gosto de queimado. Para amenizar o gosto de queimado, taca açúcar, leite e baunilha!

Você já sentiu dificuldade em comer um chocolate amargo? Sentiu ele realmente amargando a boca? Com certeza seu paladar captou o gosto de queimado!

Existe chocolate amargo sem baunilha?

Sim, porém, é uma pequena parte. Por que? Simples, cacau com boa qualidade e sabor de verdade é caro, por isso, menos do que 5% da produção mundial é de cacau fino. O restante, cacau bulk, o feioso aí da foto, jamais poderia ser usado para fabricar um chocolate sem baunilha. É um cacau que não tem um mínimo tratamento, cuidado ou zelo.

É o cacau que faz aquele chocolate amargo difícil de engolir (mesmo estando embalado em uma caixa maravilhosa e importada).

Por que preferir chocolate sem baunilha?

Vamos fazer um paralelo com o café: é possível tomar uma xícara sem açúcar se o café for de baixa qualidade? Não. Por isso, um café sem açúcar precisa ser de alta qualidade.

Para o chocolate, é muito similar. O bom chocolate não precisa ter e em geral não tem baunilha. Quando tem, é porque fará diferença no sabor. Já o chocolate que usa um cacau ruim, obrigatoriamente, usará um aromatizante como camuflagem da baunilha para se tornar palatável. E não importa se for natural ou artificial, a função dela ali é clara: corrigir defeito.

Não há processo que corrija um cacau ruim.

Para nós, chocolate não é doce, é alimento – sem baunilha.

Chocolate amargo ou chocolate intenso?

Chocolate com mais cacau começou a ser chamado de chocolate amargo, mas sabia que não é a melhor definição? Outras definições são chocolate dark, devido à cor mais escura por ter mais cacau, e a que preferimos: chocolate intenso.

Amargo é uma palavra que denota um defeito do chocolate. Amargor é ruim, causado pela sobre torra de cacau que não teve um processo para desenvolver os melhores sabores, ou por processo falho da fábrica.

Nossa cultura é de muito açúcar e muito leite, portanto, num primeiro momento, pode parecer impactante consumir um chocolate amargo, com 70% de cacau, mesmo sabendo que é mais saudável. A boa notícia é que nosso paladar é totalmente adaptável. Comece aumentando a qualidade e o teor de cacau do seu chocolate diário e verá que com o passar do tempo, ficará muito mais gostoso apreciar o sabor do cacau, sem precisar de baunilha.

Saiba mais sobre chocolate de origem, sobre o processo e o desenvolvimento de sabor de cacau especial.