Chocolate artesanal muitas vezes é ligado à doceira ou à lojinha que fazem bombons sob encomenda. Mas você sabia que nesses casos, o chocolate utilizado quase sempre é industrial?  Então como podemos descobrir?

A confusão acontece por causa do nome dos produtos. No Brasil, chamamos de “chocolate” desde o chocolate em si (feito do cacau, vendido em barras e gotas para transformação) como os produtos feitos a partir do chocolate, como tabletes, barrinhas e bombons – e até brigadeiros.  Continue conosco e aprenda como diferenciar um chocolate artesanal do chocolate industrial.

Na maioria esmagadora das vezes, a doceria ou confeitaria do seu bairro que faz e vende chocolate artesanal, na verdade compra as barras de chocolate industrial (ou de cobertura de chocolate), derrete e transforma em seus doces. O processo de transformação do chocolate em doce, bombom ou tablete pode ser artesanal, porém o chocolate em si continua sendo industrial.

Felizmente, esta realidade está mudando. Com a preocupação com a saúde e o meio ambiente em alta, está crescendo o uso de chocolate artesanal na confeitaria.

O chocolate industrial pode ser de alta ou baixa qualidade, sempre é padronizado e, por ser feito em larga escala, usam ingredientes menos selecionados e geralmente gera impacto social e ambiental.

Chocolate artesanal pode ser interpretado como um chocolate que foi feito desde o grão do cacau de forma artesanal. Como?

  • Seleção do fornecedor do cacau, que precisa ser de qualidade e agradar ao chocolateiro.
  • Os grãos de cacau precisam ser selecionados, removendo aqueles com imperfeições naturais ou pragas.
  • Deve ser criada ou ajustada uma torra específica para cada lote de cacau, para cada safra.
  • O cacau torrado e descascado é transformado em chocolate, e em barra, por pessoas.
  • Cada barra de chocolate passa por mãos de muitas pessoas conferindo o processo até chegar ao consumidor.

Do grão à barra

O processo cuidadoso e controlado da produção do chocolate, do grão à barra, é o que faz o chocolate artesanal. Por ter todo essa interação humana e por não haver interferência de adições de aromatizantes, ele tem uma variação grande de sabor: pequenos detalhes no processo manual fazem diferença na barra de chocolate. Além disso, o cacau tem grande oscilação de sabor, mesmo sendo do mesmo produtor.

Dessa forma,  o sabor final é resultado de vários fatores:

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
  • Escolha do fornecedor do cacau
  • Variações de sabores dos lotes de cacau
  • Variação do processo de fermentação do cacau especial
  • Variações no manejo do cacau dentro da fábrica durante a produção do cacau

 

O chocolate artesanal ou chocolate industrial derretido?

Sabendo com mais detalhes sobre como é o processo artesanal de fabricação de chocolate, fica simples entender a pergunta inicial

Na maioria das vezes, o bombom feito em casa, ou em uma lojinha, ou sob encomenda, tem a parte final feita de forma artesanal, usando como base um chocolate industrial.

Chocolatier e chocolateiro

Entrando mais neste tema de profissional do chocolate, temos duas figuras principais:

Chocolateiro

O chocolateiro é o profissional que estuda o cacau e o processa até produzir o chocolate.

Chocolatier

Aquele que transforma um chocolate industrial ou chocolate de origem, feito por um chocolateiro, em barrinhas, bombons e doces.

Ambas as profissões são valorosas e cumprem a função de levar alegria para as pessoas!

Gostou? Leia mais conteúdo em nosso blog e nosso Instagram @javachocolates.

 

 

Powered by Rock Convert